Home CIDADANIA EXPRESSÕES #2 LGBT
  Vídeo Anterior BARBARIZANDO COM BRILHOSO
  Próximo Vídeo DENTINHOS À VISTA NO NOVOS OLHARES

EXPRESSÕES #2 LGBT

646
0

LGBT é a sigla de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros, que são orientações sexuais, onde as pessoas tem uma escolha diferente do sexo designado no nascimento.

LGBT

É um movimento que luta pelos direitos dos seus membros, igualdade social,  homofobia, e que defende a aceitação das pessoas LGBT na sociedade. Embora não haja uma organização central abrangente que represente todas as pessoas LGBT e os seus interesses, as organizações de direitos LGBT são numerosas e estão espalhadas por vários países do mundo e são compostos por uma ampla gama de ativismo político e atividade cultural, incluindo marchas de rua, grupos sociais, mídia, arte e pesquisa acadêmica.

O dia a dia da militância não é fácil, mas os direitos LGBT no Brasil nas últimas décadas tem avançado na igualdade de direitos entre casais homossexuais e heterossexuais, além do combate à discriminação.

LGBT

Nas questões relacionadas às reivindicações dos direitos LGBT, pode-se citar o reconhecimento das uniões homossexuais, conquista de direitos previdenciários, combate à discriminação, adoção e reconhecimento jurídico da mudança de sexo. As decisões judiciais têm avançado bastante no reconhecimento de direitos, enquanto a legislação tem encontrado resistência para avançar.

A realidade ainda é muito triste em 2014 foram documentados 326 mortes de gays, travestis e lésbicas no Brasil, incluindo 9 suicídios. Um assassinato a cada 27 horas. Um aumento de 4,1 % em relação ao ano anterior (313).

Assim não dá para ser feliz. Entendemos que o amor tem que vencer tudo.

O Brasil continua sendo o campeão mundial de crimes motivados pela homo/transfobia: segundo agências internacionais, 50% dos assassinatos de transexuais no ano passado foram cometidos em nosso país.  Dos 326 mortos, 163 eram gays, 134 travestis, 14 lésbicas, 3 bissexuais e 7 amantes de travestis (T-lovers). Foram igualmente assassinados 7 heterossexuais, por terem sido confundidos com gays ou por estarem em circunstâncias ou espaços homoeróticos.

Para quem se recusa ficar omisso diante de toda e qualquer  violência, é bom colocar na agenda este telefone,  tão fácil que dá para decorar, presenciou atos violentos ?

O Departamento de Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos tem a competência de receber, examinar e encaminhar denúncias e reclamações, atuar na resolução de tensões e conflitos sociais que envolvam violações de direitos humanos, além de orientar e adotar providências para o tratamento dos casos de violação de direitos humanos, podendo agir de ofício e atuar diretamente ou em articulação com outros órgãos públicos e organizações da sociedade. As denúncias poderão ser anônimas ou, quando solicitado pelo denunciante, é garantido o sigilo da fonte das informações. 24 horas por dia, 7 dias por semana.

(646)

Deixe uma resposta